BFA#14,b_30Jun13_a03_2306.jpg
Demi brush upward
Botos-cinza na Pedra de Ilhéus. Foto de Alice Lima
Botos-cinza na Pedra de Ilhéus. Foto de Alice Lima

press to zoom
Botos-cinza em Ilhéus
Botos-cinza em Ilhéus

press to zoom
Botos-cinza em Ilhéus. Foto de Alice Lima
Botos-cinza em Ilhéus. Foto de Alice Lima

press to zoom
Botos-cinza na Pedra de Ilhéus. Foto de Alice Lima
Botos-cinza na Pedra de Ilhéus. Foto de Alice Lima

press to zoom
1/5
durée d e vie.png

Maturidade sexual  5 a 7 anos

Vive até  30  a 35 anos

taille.png

190 cm de comprimento em média

Pictogrames Fiche espèce.png

Peso  máximo 121 kg

bébé.png

gestação  de  11 a 12 meses a cada 2 anos

90 -106 cm no nascimento

Boto-cinza

Sotalia guianensis

Você tem a oportunidade de ver golfinhos todos os dias e talvez nem saiba: Ilhéus tem a sorte de contar com golfinhos na Baía do Pontal e em todo o seu litoral. Estamos falando do boto-cinza (Sotalia guianensis)! Ele vive em baías, estuários e águas costeiras da América do Sul e Central, do sul do Brasil ao sul da Nicarágua. Chamado popularmente de boto, ele nada mais é do que um pequeno golfinho. Em Ilhéus, uma população pode ser observada durante todo o ano, principalmente no inverno. 

Os botos-cinza são ágeis, ativos e muito sociáveis. Apesar de tímidos, eles podem surfar à distância em ondas produzidas pelos barcos que passam.

Graças à Ecosul Turismo, venha testemunhar o espetáculo da Natureza que será descrito com paixão pelos nossos guias, doutores em biologia, que dedicaram a sua vida ao estudo dos animais e dos ecossistemas!

Curiosidade: os pesquisadores mostraram que, além de caçar e se localizar usando o som, o boto-cinza também pode detectar sinais elétricos em distâncias curtas!

BFA#14,b_30Jun13_a03_2306.jpg
Demi brush downward